quarta-feira, 2 de abril de 2008

ESTÉTICA – A origem da maquiagem

Foto: divulgação

Foi no antigo Egito com os faraós que a maquiagem foi se desenvolvendo. les usavam perucas coloridas para ter uma distinção social e maquilagem nos olhos como ponto de destaque fundamental. Cleópatra foi uma das representantes do ideal de beleza, carismática e poderosa, ela banhava-se em leite, cobrindo as faces com argila e maquilando seus olhos com pó. Na antiguidade a pele clara era uma obsessão, para conquistar ainda mais o branquinho, as romanas diluíam farinha de favas e miolo de pão no leite de jumenta. Algumas ainda utilizavam tinta azul nos seios e na testa para aparecer ainda mais translúcida.
O Kama Sutra, escrito entre os séculos I e IV, define a mulher ideal como, aquela que tem "pele fina, macia e clara como o lótus amarelo". Já no Japão, do século IX ao XII, a valorização da pele branca era regra geral e para obter a aparência extremamente clara as mulheres aplicavam um pó espesso e argiloso feito de farinha de arroz, chamado oshiroi. Depois passaram também a usar o beni, pasta feita do extrato de açafrão, para colorir as maçãs do rosto.
No final do século XVIII, o parlamento inglês recebeu a proposta de uma lei que tentava impor sobre as mulheres a mesma penalidade que era imposta para as bruxas. "Todas as mulheres que a partir deste ato tirarem vantagem, seduzirem ou atraírem ao matrimônio o uso de perfumes, pinturas, cosméticos, loções, dentes artificiais, cabelo falso, espartilhos de ferro, armação para saias, sapatos altos, ficam sujeitas à penalidade da lei que agora entra em vigor contra a bruxaria e contravenções semelhantes e que o casamento, se condenadas, seja anulado".
Foi Paris que firmou a moda e trouxe novamente a maquilagem. Como o batom que foi lançado pela primeira vez e embalado num tubo e vendido em cartucho. O sucesso foi tanto que em 1930 os estojos de batom dominam o mercado americano. Marilyn Monroe usava maquilagem clara e pintava lábios vermelhos intensos, atraindo e intensificando sua feminilidade.
A cada lançamento de uma nova coleção de cores e formas para as roupas, era criado também um tom de sombra específico para os olhos, uma nova cor de boca. Foi graças a essas invenções que hoje, nós mulheres podemos escolher qualquer tom de sombra, batom, perfumes, cabelos coloridos, compridos, curtos. Com o crescimento da moda que nos deu essa liberdade de podermos usar a maquiagem como um brilho a mais no nosso dia-dia.
Maju Guaita

Um comentário:

mariana disse...

Nossa achei super interresante ta